sexta-feira, 25 de abril de 2014

Abril

Não consigo pôr em palavras aquilo que sinto quando penso no 25 de Abril. Por mais que tente não consigo explicar a dimensão que esta data tem para mim.

Tive a felicidade de nascer num país livre e sem fronteiras, mas aqueles que me deram a vida conheceram a amargura da ditadura. Tenho muito orgulho em ser portuguesa. Tenho um orgulho imenso neste meu povo que teve a coragem de fazer frente aos seus medos e fazer uma revolução, uma revolução de flores, porque o que se queria, mais do que tudo, não era conquistar nada pela força, o que se pretendia era uma mudança profunda, uma mudança de mentalidades.

Gostaria de agradecer a todos os homens e mulheres que não se limitaram a sofrer calados e tiveram a coragem de lutar por uma vida melhor, para si mesmos e para as gerações futuras. Não só àqueles cujos os rostos aparecem sempre nos meios de comunicação social, nesta data, mas a todos os rostos anónimos que permitiram que eu nascesse uma pessoa livre, que tivesse a liberdade de pensar, de me reunir com os meus amigos, a liberdade de emitir as minhas próprias opiniões, a liberdade de fazer as minhas escolhas e a liberdade de sonhar. A todos, muito obrigada.

Temo, temo que a minha geração e as mais jovens não tenham a mesma coragem. Temo que a memória deste dia se perca e que com ela as pessoas percam a consciência do que é ser livre, da responsabilidade que temos para com esta liberdade tão duramente conseguida.

Continuo a sonhar com "em cada esquina um amigo/ em cada rosto igualdade".

Imagem retirada de http://www.radioaltoave.pt/sitio/images/stories/25abril2008/25abril-thumb.jpg


sábado, 15 de fevereiro de 2014

Momento Nostalgia II

Nos anos 90, passou na RTP uma série sobre mitologia grega que acabaria por me marcar. No título original THE STORYTELLER: GREEK MYTHS, na língua de Camões O CONTADOR DE HISTÓRIAS. Um contador de histórias (Michael Gambon) e o seu cão falante (voz de Brian Henson) contavam, junto à lareira, episódios da mitologia grega. A série teve apenas quatro episódios, mas foi o suficiente para me deixar contagiada pelo "bichinho" da mitologia.



Momento Nostalgia I

Quando passamos muito tempo com crianças acabamos por nos lembrarmos de quando, também nós, o éramos. Hoje tive um desses momentos nostalgia e matei saudades dos desenhos animados que passavam na RTP na minha infância. Adorava ouvir os desenhos na língua original, mas guardo com muito carinho a memória da voz de alguns actores portugueses que faziam as dobragens, como o grande Canto e Castro.
Não dá para colocar aqui um exemplo de todos, porque são muitos, mas deixo-vos um "cheirinho".

Do Muttley nunca mais esqueci a forma como ria. Como eu adorava este cão!



O Yakari era um índio muito simpático e amigo dos animais.

E o meu eterno Bocas com a voz do maravilhoso Canto e Castro.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Feliz Natal!

Desejo a todos um Santo Natal e que o ano de 2014 seja cheio de saúde, amor e comidinha na mesa.
Foto Cartas a Si

sábado, 23 de novembro de 2013

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Só porque...

...às vezes sabe bem ouvir coisas bonitas.




segunda-feira, 22 de julho de 2013

Quadros com sementes

 Hoje resolvi partilhar uma forma de arte um pouco diferente, quadros feitos com sementes de trigo, milho e outros cereais. É extraordinário o talento destes artesãos. Deixo o link do blogue em que encontrei as fotografias destes quadros.

De Todo Un Poco: CUADROS DE SEMILLAS: Saludos a tod@s. Este es mi pequeño homenaje a los grandes artesanos de Tegueste y pueblos colindantes, que un año más nos han deleitado c...

sexta-feira, 12 de julho de 2013